Para você Mãezinha

Mãezinha querida:

No seu dia abençoado, quando tantos salões se abrem, festivos, para glorificarem seu nome, quero contar-lhe que é em você que eu penso todos os dias,

Quando volto à casa, depois dos estudos, com os dedos manchados de tinta, penso em você para guardar meus livros e lavar minhas mãos,

Quando alguém me aborrece ou magoa, corro para você com o desejo de ocultar-me em seu colo,

Quando o cansaço me encontra, cada noite, busco você para dormir tranqüilamente,

Mãezinha, quando eu errar, não me abandone… Ampare-me nas asas doces dos seus braços e ensine-me a andar no caminho reto,

Você ainda não viu quanto a amo? Fico triste se você chora e estou alegre quando você sorri,

Por onde vou, sua imagem está sempre comigo, porque você é o Anjo que Deus colocou na Terra para guiar-me os passos,

Adoro você, estou em seu carinho, como a flor no coração amoroso da árvore…

Por isso, Mãezinha querida, penso em você, não somente hoje, mas sempre, eternamente…

Livro: Mãe Antologia mediúnica. Psicografia de Francisco Cândido Xavier pelo Espírito de Meimei.